Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \24\UTC 2009

natureza

 

Das muitas atitudes que devem ser tomadas na luta contra todos os fatores que implicam demasiadamente no bem estar e no convívio entre si e com a natureza harmoniosamente, três se destacam de suma importância que são elas conhecidas como o tripé da sustentabilidade, social, ambiental, e econômico, com estes três aspectos unidos pode-se fazer um mundo socialmente, ambientalmente e economicamente melhor construindo um estilo de vida que se possa levar por gerações e gerações deixando finalmente a terra respirar e fazendo com que nós seres humanos nos desfrutemos deste bem tão precioso, o planeta terra. O primeiro aspecto dito acima é um direito de todos os seres humanos, como os outros dois destacados, porem onde há um convívio com mais de uma pessoa isso se torna um pouco mais complexo do que imaginamos e este convívio socialmente dizendo é o que faz com que exista tanta diferença na sociedade, tanta desigualdade, preconceitos de todas as formas possíveis pode-se presenciar no dia a dia de uma sociedade civilizada, para mudar o rumo desta embarcação se destaca os governos como principais navegadores deste barco que só o que fazem é levar este barco ao fundo do oceano.

O segundo aspecto mencionado acima, o ambiental, este vem se destacando como principal aliado para um mundo mais digno em relação à qualidade de vida de um todo, muitas atitudes estão sendo colocadas em praticas e saindo apenas de mesas de reuniões e cúpulas intergovernamentais, tais atitudes que fazem com que nosso futuro na terra seja promissor e que lutamos para um futuro verde.  Leonardo Boff usa muito o termo do ‘’bem viver’’ ao invés do viver melhor, ele destaca o bem viver como uma sociedade onde todos estão buscando um estilo de vida diferenciado, visando uma ética coletiva e não individual, contrariando o principio capitalista de que para um viver melhor outros deverão viver mal, este conceito de bem viver destaca que a mãe natureza nos da tudo o que precisamos e não que fiquemos acumulando mais e mais, que nosso trabalho supre o que ele não nos pode dar ou a ajudamos a produzir o suficiente e decente para todos, mesmo para os animais e para com as plantas.

Já o terceiro aspecto destacado engloba muitos outros, inclusive os dois acima, o aspecto financeiro é um dos principais vilões desta historia, ele se coloca em todos os paradigmas abordados e se considera inexpugnável. O mundo atual é um mundo capitalista no qual onde todos visam lucro acima de lucro, é indispensável a presença desta concepção capitalista nos dias atuais. A economia de grandes centros atrai cada vez mais pessoas vindas de pequenas cidades, de interiores, atrás desta promessa demasiada de uma condição de vida melhor, e acabam sendo obrigados a se fechar em favelas, a condições de vidas precárias onde na verdade, não deveriam ter saído de sua vida tranqüila no campo, de sua vida onde tudo o que consumiam era produto de seu próprio esforço.

As mudanças devem começar dentro de cada um, deve começar na cobrança a cada político que foi eleito com seu voto, deve começar localmente com atitudes próprias, sempre visando globalmente, mas se quisermos abraçar o mundo de uma vez fica difícil, tem que plantar a semente a ser colhida no futuro, e isto é o que esperamos para em um futuro próximo estes três aspectos mencionados acima consigam se conciliar e viveremos harmoniosamente em um mundo melhor.

Read Full Post »

Um elevador de poluidores

foto_terra_estudantes_canadenses

Diante dos recentes acontecimentos a respeito das emissões de CO2  podemos dizer que estamos em um verdadeiro elevador, subindo e descendo a todo momento, uma hora empresas privadas junto com os governos assumem a responsabilidade de implantar políticas verdes dentro de suas empresas e ao mesmo tempo não fazem nada para que isso aconteça.

No ultimo dia 02/04 foi sediada na cidade alemã de Bonn um dos últimos debates a respeito do novo protocolo climático que irá substituir o antigo protocolo de Kyoto, um dos assuntos mais abordados neste encontro foi a emissão de gases, não só de CO2, mas todos aqueles que causam danos irreversíveis para nosso planeta, dentre eles está um que já está sendo utilizado por indústrias de computadores e televisores, o NF3 que é 17 mil vezes mais prejudicial para o efeito estufa que o CO2, a produção deste gás deve alcançar 8 mil toneladas por ano, cerca de 130 milhões de CO2. De fato as empresas já estão dependentes deste gás e nós consumidores de computadores e TV conseqüentemente  também estamos, pois utilizamos e bastante esses dois tipos de eletrônicos.

Muito do que foi debatido e proposto será afirmado quando o novo protocolo entrar em vigor devemos tentar desde antes conscientizar as indústrias que utilizam estes gases para que os substituam  antes que elas se tornem dependentes destes  para  a  sobrevivência de tais indústrias.

Decorrente os fatos, em nosso país o ministro do Meio Ambiente Carlos Minc, vem tomando medidas efetivas para as indústrias de energia que são as principais causadoras de emissões de CO2 no Brasil. Usinas termelétricas que são movidas a óleo e carvão terão que adotar plantios de arvores para a compensação e outras iniciativas para reduzir o impacto ambiental. Considerando ações energéticas que vem sendo tomadas, ainda nos encontramos em um retrocesso nas questões ambientais, assim sendo estamos no elevador que nos leva para a camada de ozônio e com uma velocidade bastante rápida, com medidas sendo aprovadas e desaprovadas, aceitas e não exercidas, só esperamos que esse elevador chegue em seu destino final sem despencar.

Read Full Post »

Em meados da década de 20, ora 30, falava-se bastante sobre progresso, um progresso que no qual hoje se revela de suma importância para os dias atuais, que acompanhado deste vieram também os problemas notórios no dia-a-dia do planeta terra, muitos destes problemas são causados  pela humanidade que com o pensamento incessante de revolucionar falharam demais pensando somente no desenvolvimento industrial. Imagine-se como um observador experimentado e que estivesse observando o planeta terra de um lado onde não conseguimos enxergar, da lua, o que você descreveria sobre como se caminha a humanidade? Uma verdadeira população de formigas trabalhando dia e noite, noite  e dia, consumindo o máximo suas energias e gastando o máximo de seus recursos podendo assim armazenar para até que se chegue a próxima estação sabendo que terá essas energias para usá-las futuramente, nós seres humanos habitantes da terra estamos nos comparando com elas as formigas, estamos abusando de nossos recursos , estamos nos fartando de abundância com o pensamento de que todos estes recursos são infinitos, mas não, eles são finitos e já estão no limite, o nosso planeta está pedindo socorro, e está devolvendo tudo o que nós demos a ela de uma maneira trágica e cruel. Teremos que nos readaptar a viver na terra se continuarmos assim, teremos que voltar a porções reduzidas de todos os nossos recursos por motivo de consumo excessivo, estaríamos no retrocesso contrariando a quem na década de 20, 30, se falava no progresso da humanidade. Nós sim progredimos mas de maneira individual e não coletiva que o qual seria o correto, com um pensamento coletivo sobre como preservar o que é nosso, estamos com um pensamento obsoleto, uma filosofia que há 80 anos não se tinha noção de onde colocaríamos nosso planeta. Muitas demonstrações de que devemos parar para pensar sobre como usar os 3 r`s, reutilizar, reduzir, reciclar, que são princípios básicos de uma sociedade com uma consciência de frugalidade. Nossa vida na terra será efêmera, mas nós estamos deixando rastros que não são, e que daqui 50 anos estaremos vivendo em uma grande bolha artificial, como muitas coisas que já encontramos nos dias de hoje, salve o progresso. 

Read Full Post »