Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘história’

O Pensador - Auguste Rodin

O Pensador - Auguste Rodin

Enquanto homo sapiens, somos seres capazes de contemplar diversas coisas, como por exemplo a estética, a natureza e o universo. Oportuno se torna dizer que essa capacidade é dada por uma conjuntura cosmológica que consagrou a vida na presente galáxia, dentre bilhões de outras. Também é necessário dizer que hoje sabemos que nossos genes contêm o “quinhão” de todas as outras espécies terrenas, ou seja, somos irmãos não somente entre seres humanos, mas também das plantas, aves, fungos, etc. A evolução humana desde a pré-história até alguns milhares de anos das civilizações, estabeleceu um processo de socialização que nos fez alcançar certos ganhos culturais, intelectuais e espirituais.

Enquanto outras espécies das que conhecemos* não desenvolveram o intelecto, os seres humanos o possuem, e que em conjunto com os 5 sentidos pode culminar não só em pessoas simples, como nós que levamos a vida a executar tarefas, mas também em gênios da história que, se é que podemos taxá-los em algum campo, Beethoven e Mozart na música, Shakespeare e Dostoyévski na literatura, e Da Vinci e Einsten transcendendo alguns limites.

Fica para outro momento a discussão importante do contexto histórico e ambiente no qual esses indivíduos viveram. Mas tendo-se presente os dias atuais, num outro enfoque, é de se perceber que as aglomerações urbanas proporcionam a redução da capacidade dos sentidos. No Brasil mais de 84% da população vive em áreas urbanas, fato que acaba por proporcionar a limitação do saber. Em outras palavras, estamos determinados ao concreto de Niemeyer e seus discípulos, grandes e ‘fechados’. Não aproveitamos mais o pôr do sol, as crianças não conhecem as matizes da aurora, o grasnar do pássaro. O céu estrelado que os antigos decifravam é ofuscado hoje pelos outdoor’s. Já dizia Thoreau em meados do século XIX que “seria ótimo, quem sabe, se pudéssemos passar um pouco mais dos dias e das noites sem nenhum obstáculo entre nós e os corpos celestes, se o poeta não falasse tanto à sombra de um telhado ou o santo não morasse entre quatro paredes por tanto tempo. As aves não cantam dentro das grutas, nem as pombas cuidam de sua inocência nos pombais.”

Assim como o iluminismo habilitou revoluções intelectuais e fez erigir grandes pensadores, e ao contrário da geração yuppie que décadas atrás vangloriou as finanças, a volta para os valores da terra em nosso tempo conduzirá a indivíduos solidários, altruístas, e até quem sabe gênios verdes.

* estimativas apontam a descrição de apenas 20% do total existente.

Gustavo Góes

Anúncios

Read Full Post »