Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Marina Silva’

800pxMarina_Silva_2007

Após a criação do conceito de desenvolvimento sustentável em 1988 pela Comissão das Nações Unidas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento, as organizações tanto públicas como privadas vêm buscando, vale dizer que aquém do ideal, aliar crescimento econômico sem comprometer as futuras gerações. Nessa esteira que em 1994 John Elkington criou o termo triple bottom line, conhecido no Brasil como o tripé da sustentabilidade, que consiste na orientação organizacional para resultados econômicos, sociais e ambientais. Por outro enfoque, ao contextualizarmos o termo para uma nação, caracterizada como república, que significa “coisa do povo”, já era de se esperar o trato especial pela coletividade, entretanto não é isso que vemos, já que os países desenvolvidos e em desenvolvimento ainda são muito influenciados pelo contexto de Adam Smith do século XVIII, que definiria o potencial das nações por meio da riqueza material.

Fortalecendo o assunto, ao analisarmos os governos democráticos brasileiros percebemos um forte apelo econômico, passando pelo controle da inflação e culminando na gestão FHC. Com a chegada do ex-metalúrgico Lula ao poder teve-se a orientação baseada não só na economia, como também no social. Mas e agora, as eleições serão em 2010 e o quadro político estava se desenhando com dois candidatos desenvolvimentistas, José Serra e Dilma Roussef. Eis que nas últimas semanas a senadora Marina Silva recebe o convite a se candidatar para presidência da república pelo PV.

Convém ponderar que essa mulher tem uma biografia fantástica, nascida no Acre trabalhou na extração da Seringa em sua infância e parte da adolescência, foi alfabetizada aos 16 anos e aos 26 formava-se em História, dedicando-se a dar aulas. Foi companheira de Chico Mendes no início da sua vida política, e é hoje uma das personalidades mais influentes do mundo, laureada com dezenas de títulos, no que se destaca o “Champions of the Earth” oferecido pela ONU, além de ser reconhecida pelo jornal britânico The Guardian como uma das 50 pessoas para salvar o planeta.

É importante frisar que para o completo ciclo do triple bottom line no governo brasileiro será necessário a orientação de base ambiental junto ao sócio-econômico. Estamos a pouco mais de 100 dias do maior evento na história dedicado ao Meio Ambiente, o COP-15 a se realizar em Copenhagen vai projetar mudanças importantíssimas para o futuro da humanidade. Não resta dúvida de que após essa conferência a discussão ambiental ganhará muito terreno, e a candidatura de Marina Silva consagrará essa bandeira. Inadequado seria esquecer também que Barack Obama venceu justamente com sua campanha baseada no econômico-social-ambiental. Será que aqui também será possível?

Gustavo Góes

Anúncios

Read Full Post »